20.8.13

 

Certo dia, um dos discípulos de Sócrates procurou-o para o informar de algo que considerava ser importante e grave. O mestre, reparando que o seu discípulo estava muito esbaforido e entusiasmado com a revelação que estava prestes a fazer, interrompeu-o para lhe perguntar se ele já tinha passado essa informação pelos três crivos.

O discípulo, intrigado, perguntou ao mestre de que crivos falava, ao que ele respondeu:

- O primeiro crivo é o da verdade. Tens a certeza de que o que vais contar é verdade?

O homem, depois de pensar um pouco, respondeu:

- A certeza não tenho, mas se toda a gente diz é porque deve ser...

- Tens dúvidas portanto, e dúvidas não são certezas - respondeu Sócrates. O que tens para dizer não passou no crivo da verdade, mas talvez passe no segundo crivo, o da bondade. O que queres dizer, não sendo verdadeiro, é algo de bom?

O homem, respondeu que tem realmente muitas dúvidas sobre a bondade da notícia. Bem pelo contrário, o mais certo é a notícia não ser boa.

Então Sócrates respondeu:

- Se talvez não seja verdade e se de certeza não é boa, resta avaliar a informação passando-a pelo terceiro crivo: que proveito poderemos tirar dessa informação?

- Por certo, nenhum - respondeu o discípulo.

- Então, se o que queres contar não é verdadeiro, nem bom, nem útil, esqueçamos o assunto e não percamos o nosso tempo; o caso não é edificante e nada deve valer para nós.

 

Cidália Carvalho


Link deste ArtigoPor Mil Razões..., às 09:00  Comentar

Maputo | Moçambique

Pesquisar
 
Destaque

 

Porque às vezes é bom falar.

Equipa

Alexandra Vaz

Ana Martins

Cidália Carvalho

Ermelinda Macedo

Estefânia Sousa Martins

Fernando Couto

Fernando Lima

Jorge Saraiva

José Azevedo

Landa Cortez

Leticia Silva

Rui Duarte

Sandra Pinto

Sandra Sousa

Sara Almeida

Sara Silva

Sónia Abrantes

Tayhta Visinho

Teresa Teixeira

Vanessa Santana

Agosto 2013
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

12
13
14
15
17

18
19
21
22
24

25
26
28
29
31


Arquivo
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


Comentários recentes
gostei muito do tema artigo inspirado com sabedori...
Não podia concordar mais. Muito grata pelo comentá...
Dinheiro compra uma cama, mas não o sono...Compra ...
Caro Eurico,O cenário descrito neste artigo enquad...
Grande artigo, que enquadra-se com a nossa realida...
Presenças
Outras ligações
Música

Dizer que sim à vida - Carlos do Carmo:

 

Dizer que sim à vida - Luanda Cozetti: