18.12.09


 


- O Natal já não é o que era. - disse ele.

- Pois não... – disse ela.

E juntos olharam em frente para ver melhor o fim da estrada de paralelo que dava acesso à casa da avó. Estava escuro. E frio. O largo em frente à casa estava vazio. O poste velho ao fundo iluminava a rua.

- Não se vê ninguém. – disse ela.

Estacionaram o carro e saíram.

Era o fim de tarde de 24 de Dezembro. O céu estava limpo e ameaçava nevar. O largo continuava vazio. Era aqui que dantes se fazia o fogo de Natal. Os rapazes da aldeia carregavam a lenha durante o dia; à noite, depois da ceia, as famílias juntavam-se à volta do fogo, cantavam e dançavam até de manhã. Não havia prendas. O pai dizia que não havia melhor prenda que o farto jantar de Natal. Mas eles não iam dormir sem deixar o sapato na chaminé (não fosse o menino Jesus lembrar-se de passar por ali!). A verdade é que no dia seguinte havia sempre alguma coisa dentro do sapato: uns rebuçados, umas chicklets, um chocolate...

 

Agora era tudo diferente. O pai faleceu, a avó estava tão doente que já nem se lembrava do nome deles. Mas a casa, o largo, o poste, estavam na mesma, talvez mais velhos e gastos, um pouco despidos, mas iguais.

Treparam as escadas que davam acesso à casa e entraram na cozinha. Por momentos sentiram o calor do lume aceso com os potes com as batatas e o polvo a ferver, o cheiro das rabanadas acabadas de fritar e o pai a dizer: - Feliz Natal!

 

Joana Gonçalves


 

Temas:
Link deste ArtigoPor Mil Razões..., às 16:24  Comentar

Maputo | Moçambique

Pesquisar
 
Destaque

 

Porque às vezes é bom falar.

Equipa

>Alexandra Vaz

>Ana Martins

>Cidália Carvalho

>Ermelinda Macedo

>Fernando Couto

>Jorge Saraiva

>José Azevedo

>Leticia Silva

>Maria João Enes

>Rui Duarte

>Sandra Pinto

>Sandra Sousa

>Sara Almeida

>Sara Silva

>Sónia Abrantes

>Teresa Teixeira

Dezembro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

14
16
17
19

21
23
26

28
30


Arquivo
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


Comentários recentes
gostei muito do tema artigo inspirado com sabedori...
Não podia concordar mais. Muito grata pelo comentá...
Dinheiro compra uma cama, mas não o sono...Compra ...
Caro Eurico,O cenário descrito neste artigo enquad...
Grande artigo, que enquadra-se com a nossa realida...
Presenças
Outras ligações
Música

Dizer que sim à vida - Carlos do Carmo:

 

Dizer que sim à vida - Luanda Cozetti: