29.12.09


 


O meu Natal é um bocadinho estranho... é um Natal em que eu estou com uns e “abandono” outros. Eu tenho uma família cá (a de sangue) e uma família lá (a que criei) e nunca as consigo juntar. Há barreiras, muitas barreiras.


Há barreiras económicas, sociais, físicas, legais, geográficas.

E por isso, o meu Natal é cá ou lá, mas nunca é um Natal por inteiro. É o Natal em que prescindo de uns afectos para ter outros, um período em que por muito que eu gostasse de estar verdadeiramente onde estou, nunca estou. O meu corpo está cá e um bocadinho do meu coração também, e o resto está lá, em pensamento e emoção.

 

Eu tenho sempre que decidir onde vou passar o Natal e nunca, até hoje, fiquei feliz com a decisão. Tenho que decidir se tenho um Natal com neve ou sem neve, em inglês ou em português, com os abraços e beijos de uns ou de outros. Tenho que decidir que prendas é que dou pessoalmente e quais envio pelo correio. 

O cá e o lá de que falo são universais, há muita, muita gente como eu por aí, a passar Natais em que se sente obrigada a estar feliz e agradecida pelos que estão presentes, mas não consegue deixar de pensar nos que não estão. Porque emigraram, porque não vivem aqui e nem sempre há como reunir todos os que amamos, ou até porque simplesmente morreram.

 

O meu Natal é feito de amor e gratidão e saudade e sentimentos de culpa por ter tantas saudades e não me conseguir dar por inteiro aos que estão comigo nem ao espírito de Natal.

O meu Natal não é infeliz... é apenas estranho, amargo e doce ao mesmo tempo, com o calor do amor dos que estão comigo em presença e dos que estão comigo em espírito. É um Natal com fantasmas que eu amo e pessoas ausentes que eu amo ainda mais.

 

Espero que tenham tido todos um Natal lindo, perfeito, com muito, muito amor, e mais presenças dos que ausências.

 

Dora Cabral

 
Temas:
Link deste ArtigoPor Mil Razões..., às 18:06  Comentar

Maputo | Moçambique

Pesquisar
 
Destaque

 

Porque às vezes é bom falar.

Equipa

> Alexandra Vaz

> Cidália Carvalho

> Ermelinda Macedo

> Fernando Couto

> Helena Rosa

> Jorge Saraiva

> José Azevedo

> Maria João Enes

> Rui Duarte

> Sandra Pinto

> Sara Silva

> Sónia Abrantes

> Teresa Teixeira

Dezembro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

14
16
17
19

21
23
26

28
30


Arquivo
2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


Comentários recentes
gostei muito do tema artigo inspirado com sabedori...
Não podia concordar mais. Muito grata pelo comentá...
Dinheiro compra uma cama, mas não o sono...Compra ...
Caro Eurico,O cenário descrito neste artigo enquad...
Grande artigo, que enquadra-se com a nossa realida...
Presenças
Ligações
Música

Dizer que sim à vida - Carlos do Carmo:

 

Dizer que sim à vida - Luanda Cozetti: