5.12.08

 


 



Comemora-se hoje o Dia Internacional do Voluntariado.


 


Foi há 23 anos que a Assembleia Geral das Nações Unidas decidiu demonstrar o seu apreço público pelo trabalho desenvolvido por milhares de pessoas que, por todo o mundo, de uma forma sistemática ou esporádica, vão contribuindo com o seu tempo, disponibilidade e vontade, para tentar construir um mundo um bocadinho melhor.


 


Para além do trabalho fundamental que estes Voluntários vão desenvolvendo, o que para mim ressalta mais, é a sobrevivência do sonho de criança de todas estas pessoas que abdicam muitas vezes dos seus tempos de descanso e convivio, com a convicção de que todos juntos e aos bocadinhos, podemos não conseguir mudar o mundo, mas podemos ir fazendo a diferença no nosso entorno.


 


Parabéns a todos os Voluntários e espero que o sonho persista sobre as adversidades que se vão encontrando.


 


Alexandre Teixeira


 


Mensagem do Secretário-Geral da Nações Unidas


Mensagem do Administrador da UN Development Programme


Mensagem da Coordenadora Executiva da UN Volunteers


 

Link deste ArtigoPor Mil Razões..., às 13:15  Comentar

De Cidália a 6 de Dezembro de 2008 às 19:27
O que eu penso dos voluntários, esses anónimos heróis:

Consciente das desigualdades e das diferenças, da solidão e da miséria humana, não as aceita como fatalidades: ajuda a minimizar os seus efeitos.
Não se envaidece com os seus actos; também não os desvaloriza. Sabe qual é o efeito de pequenos gestos, como o de escutar, por exemplo. Por isso pára e dá atenção ao Outro.
Familiares e amigos não se cansam de elogiar o seu espírito de ajuda. Não entende porquê e questiona-se: o que eu faço, não é uma obrigação?
O voluntário não pensa em si, não se esgota em si, esgota-se com o Outro.

Cidália Carvalho

De Susana Cabral a 6 de Dezembro de 2008 às 00:24
Para todos os que tem a generosidade, a disponibilidade de dar o seu tempo a todos aqueles que precisam, tendo em troca apenas o prazer de contribuir (nem que seja uma gota num oceano de problemas) para a diminuição do sofrimento -Aos Voluntários os meus parabéns e a minha profunda admiração.

Susana Cabral

Maputo | Moçambique

Pesquisar
 
Destaque

 

Porque às vezes é bom falar.

Equipa

Alexandra Vaz

Ana Martins

Cidália Carvalho

Ermelinda Macedo

Fernando Couto

Jorge Saraiva

José Azevedo

Landa Cortez

Leticia Silva

Rui Duarte

Sandra Pinto

Sandra Sousa

Sara Almeida

Sara Silva

Sónia Abrantes

Tayhta Visinho

Teresa Teixeira

Dezembro 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

16
17
18

22
23
25
26
27

28
29
30
31


Arquivo
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


Comentários recentes
gostei muito do tema artigo inspirado com sabedori...
Não podia concordar mais. Muito grata pelo comentá...
Dinheiro compra uma cama, mas não o sono...Compra ...
Caro Eurico,O cenário descrito neste artigo enquad...
Grande artigo, que enquadra-se com a nossa realida...
Presenças
Outras ligações
Música

Dizer que sim à vida - Carlos do Carmo:

 

Dizer que sim à vida - Luanda Cozetti: