31.5.11

 

Em jeito de provocação, abrindo hostilidades, direi que, como é óbvio, a vida não tem qualquer sentido. Ou melhor, tem todos. Eu explico: que sentido existe na afirmação de que a vida terá um, nenhum ou todos os sentidos? Que é que isso importa? A vida é para ser vivida, nada mais. E isto não é discutível, porque enquanto durar a discussão, nem o tempo espera nem a vida melhora. A menos que esse sentido seja a razão, o caminho, a estrela que norteia a vida daquele para quem a vida tem um sentido.

Por todas as razões e mais algumas, cada criança que nasce devia fazer-se acompanhar de um manual de instruções. No capítulo das advertências constaria, em letras garrafais, qualquer coisa como: Cuidado! Este artigo pode tornar-se autónomo. E no das funcionalidades algo do tipo: Está programado para perseguir incansavelmente a satisfação das suas necessidades. E isto, autonomia na satisfação das necessidades, é afinal o grande e único, se existir, sentido da vida. É indefinível mas toda a gente sabe qual é o seu. Ou tem, pelo menos, uma vaga ideia. Varia com a urgência do momento e com as estratégias escolhidas para extinguir a carência.

O sentido da vida é o resultado de uma equação complexa na qual concorre um vasto e denso conjunto de variáveis do indivíduo e um maior e mais maciço conjunto de variáveis do meio. Essa equação é para ser resolvida ao longo da vida, pelo que, se as contas estiverem bem-feitas, encontrar-se-á o sentido da vida bem perto da morte. E aí, obrigado, mas já não preciso.

 

O sentido da vida é mais uma imbecilidade a juntar a todas as ilusões que alimentam a esperança de virmos a ter num futuro uma vida melhor, mais cheia, mais rica, mais saudável, mais qualquer coisa que nos encha de felicidade e alegria. Entra naquele leque de frases e palavras parvas que, no fim de contas, assume o significado que cada um lhe quiser atribuir. Falar de sentido da vida obriga a falar de escolhas, de decisões. Ou então de destinos ou fados. Cada um escolhe o seu ou está condenado a ter um, em função das suas crenças, convicções e influências. Se houver sentido na vida ele só fará sentido para aquele que o quiser ter. Doutra forma não passa de um vazio gelado.

- Ah e tal, mas a vida não fará sentido se não tiver um rumo!

Muito bem, nada contra o rumo. A vida deve ser levada com conta e medida. Pode até fazer-se e seguir-se um projecto de vida. Pode mesmo encaixar-se a vida nuns carris e acompanhar a linha com o mínimo de descarrilamentos. Pode fazer-se isso tudo, com mais ou menos disciplina, mas no fim pouco ou nada diremos acerca do sentido que tudo isso fez, porque, tal como a variedade de paisagens que o comboio atravessa, também a vida coleccionará todos os sentidos que for assumindo ao longo do percurso, do tempo, das idades, dos momentos, das efemérides, dos episódios, das necessidades, das vontades, de todas as estações e apeadeiros por onde passar.

- Ah e tal, e o sentimento, o amor, a felicidade e todas as coisas boas que dão sentido à vida?

Não sejas parvo!

 

Joel Cunha

 

Temas:
Link deste ArtigoPor Mil Razões..., às 01:05  Comentar

Maputo | Moçambique

Pesquisar
 
Destaque

 

Porque às vezes é bom falar.

Equipa

Alexandra Vaz

Ana Martins

Cidália Carvalho

Ermelinda Macedo

Estefânia Sousa Martins

Fernando Couto

Fernando Lima

Jorge Saraiva

José Azevedo

Landa Cortez

Leticia Silva

Rui Duarte

Sandra Pinto

Sandra Sousa

Sara Almeida

Sara Silva

Sónia Abrantes

Tayhta Visinho

Teresa Teixeira

Vanessa Santana

Maio 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13
14

15
16
18
19
21

22
23
25
26
28

29
30


Arquivo
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


Comentários recentes
gostei muito do tema artigo inspirado com sabedori...
Não podia concordar mais. Muito grata pelo comentá...
Dinheiro compra uma cama, mas não o sono...Compra ...
Caro Eurico,O cenário descrito neste artigo enquad...
Grande artigo, que enquadra-se com a nossa realida...
Presenças
Outras ligações
Música

Dizer que sim à vida - Carlos do Carmo:

 

Dizer que sim à vida - Luanda Cozetti: