28.2.12

 

- Carlos, tenho que mudar…

 

- Oh… vais mudar de curso? Nunca estás satisfeita! Só eu é que não tenho essa sorte. Tenho que trabalhar e não me queixar…

 

- Não, não é isso…

 

- Então? Não me digas que vais mudar de casa, outra vez? Tu e as tuas colegas não convivem muito bem juntas mesmo. Há sempre problemas. Se vocês soubessem a sorte que têm. Só eu é que não me posso dar a esse luxo de mudar quando bem me quer e apetece. A vida é mesmo injusta com algumas pessoas.

 

- Pois, mas também não é isso… sabes aquela música do António Variações de que eu gosto muito e que diz: “Muda de vida se tu não vives satisfeito / Muda de vida, estás sempre a tempo de mudar”? É assim que eu me sinto…

 

- Mas não gostas da tua vida? Quem me dera a mim… a tirar o curso de Assistente Social pago pelos papás…

 

- O meu curso não é de Assistente Social é de Educadora de Infância…

 

- Ou isso, é a mesma coisa. O destino é o mesmo: desemprego! A tua vida é um passeio no parque, Elisa. Não tens preocupações e o teu futuro está garantido. Não tens que lutar por nada. Sim, e aquela coisa do Karaté que fazes não conta!

 

- Não é Karaté… ando a aprender técnicas de defesa pessoal…

 

- Pois, é como eu digo. Isso não conta. Eu é que luto todos os dias para mudar a minha vida e não saio da cepa torta. É só trabalho e mais trabalho! Bom, olha, tenho que ir embora. Amanhã ligo-te e tomamos café à mesma hora, está bem?

 

- Não, Carlos, não vai ser possível. Nem amanhã, nem nunca mais…

 

- Mas, estás doida? Porque dizes isso? Eu amo-te e quero estar contigo.

 

- Como podes tu amar-me se nem me conheces? Não faz sentido estarmos juntos se me sinto cada vez mais só quando estou contigo. Tenho que mudar Carlos e começa já hoje. Não me telefones e não me procures. Já não faço parte da tua vida… Carlos, afinal, a tua vida também já está a mudar. Não precisas de agradecer.

 

Liliana Jesus

 

Link deste ArtigoPor Mil Razões..., às 02:05  Comentar

Maputo | Moçambique

Pesquisar
 
Destaque

 

Porque às vezes é bom falar.

Equipa

Alexandra Vaz

Ana Martins

Cidália Carvalho

Ermelinda Macedo

Fernando Couto

Jorge Saraiva

José Azevedo

Leticia Silva

Rui Duarte

Sandra Pinto

Sandra Sousa

Sara Almeida

Sara Silva

Sónia Abrantes

Tayhta Visinho

Teresa Teixeira

Fevereiro 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
13
15
16
18

19
20
22
23
25

26
27
29


Arquivo
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


Comentários recentes
gostei muito do tema artigo inspirado com sabedori...
Não podia concordar mais. Muito grata pelo comentá...
Dinheiro compra uma cama, mas não o sono...Compra ...
Caro Eurico,O cenário descrito neste artigo enquad...
Grande artigo, que enquadra-se com a nossa realida...
Presenças
Outras ligações
Música

Dizer que sim à vida - Carlos do Carmo:

 

Dizer que sim à vida - Luanda Cozetti: