15.7.16

Seagull-Unsplash.jpg

Foto: Seagull - Unsplash

 

Sabes, um destes dias – daqueles dias perfeitamente normais em que nada de interessante mereceria registá-lo - olhei para mim.

Não me olhei ao espelho (até porque raramente me olho ao espelho; não consigo encarar-me, percebes?). Olhei para dentro de mim, para a minha essência, para o meu ser. E não gostei do que vi.

Aconteceu de repente, sem que voluntariamente eu o desejasse. Eu estava apenas ali, na varanda, a olhar para a tarde que terminava sem pressas, enquanto uma gaivota espreguiçava as asas na pequena piscina em que se banhava.

E pelo seu caráter inesperado, este momento atingiu-me como um raio.

 

Primeiro, vi um vazio. Não um vazio emocional (Ah! as emoções! Poderia vendê-las aos molhos!), mas um vácuo intelectual, cultural, social.

Senti-me roubada, compreendes?!

Quem me retirou as convicções, pensamentos, os argumentos bem defendidos?

Quem me arrancou as minhas preferências, hobbies, vícios e manias?

Quem apagou aquilo que eu era e aquilo que eu projetava ser?

Um vidro lavado de uma janela é mais interessante. Sou transparente. Desapareci. (Conseguirás ainda ver-me?)

E pergunto-me se este será um caminho sem volta, se poderei ainda resgatar-me.

Todavia, neste momento, as únicas respostas que me surgem são aquelas que aparecem nos questionários para evitar um beco sem saída:

Nada. Não sei. Não respondo. Não aplicável.

 

Sandrapep

 

Link deste ArtigoPor Mil Razões..., às 09:30  Comentar

Maputo | Moçambique

Pesquisar
 
Destaque

 

Porque às vezes é bom falar.

Equipa

Alexandra Vaz

Ana Martins

Cidália Carvalho

Ermelinda Macedo

Fernando Couto

Jorge Saraiva

José Azevedo

Landa Cortez

Leticia Silva

Rui Duarte

Sandra Pinto

Sandra Sousa

Sara Almeida

Sara Silva

Sónia Abrantes

Tayhta Visinho

Teresa Teixeira

Vanessa Santana

Julho 2016
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
14
16

17
19
21
23

24
26
28
30

31


Arquivo
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


Comentários recentes
gostei muito do tema artigo inspirado com sabedori...
Não podia concordar mais. Muito grata pelo comentá...
Dinheiro compra uma cama, mas não o sono...Compra ...
Caro Eurico,O cenário descrito neste artigo enquad...
Grande artigo, que enquadra-se com a nossa realida...
Presenças
Outras ligações
Música

Dizer que sim à vida - Carlos do Carmo:

 

Dizer que sim à vida - Luanda Cozetti: