24.5.17

Church-LukasBieri.jpg

Foto: Church – Lukas Bieri

 

O silêncio pode ser um lugar de refúgio. E é certamente! Mas também é de recolhimento. Não falamos aqui do silêncio que é imposto, por qualquer circunstância da vida ou força exterior, o qual pode ser perturbador ou mesmo aterrador, mas do silêncio escolhido por vontade de alguém que nele se recolhe e deseja reencontrar-se, nele quer meditar, refletir e pesar as suas decisões; enfim, nele aspira encontrar a luz que alumie o seu caminho nesse espaço de meditação.

É nesse estado de espírito, de paz, de tranquilidade interior e serenidade que alguém busca encontrar a inspiração que tanto necessita. E no silêncio pode, seguramente, encontrar-se essas virtudes, escutando nele a voz da razão - o silêncio fala - o que muito poderá contribuir para a realização de muitas ações positivas da vida.

 

É no silêncio e com o silêncio, nele mergulhando profundamente, que se concebem as obras-primas do Universo. Ele tem força e poder, dotado, porém, de regras de conduta ao impor muito respeitinho quando está em causa o exercício da sua própria razão de ser. Saibamos, por isso, aproveitar os seus benefícios, que, diga-se, são muitos, suas potencialidades e, sobretudo, mais que tudo isso, porque é um espaço de abertura, uma porta aberta à comunicação e ao que nos rodeia, usar o poder que nele existe, quando as circunstâncias da própria vida assim o justifiquem. Como dizia Umberto Eco “um silêncio cauto e prudente é o cofre da sensatez.; in Ilha do Dia Antes).

 

José Azevedo

 

Link deste ArtigoPor Mil Razões..., às 07:30  Comentar

Maputo | Moçambique

Pesquisar
 
Destaque

 

Porque às vezes é bom falar.

Equipa

> Alexandra Vaz

> Ana Martins

> Cidália Carvalho

> Ermelinda Macedo

> Fernando Couto

> Jorge Saraiva

> José Azevedo

> Leticia Silva

> Maria João Enes

> Rui Duarte

> Sandra Pinto

> Sara Almeida

> Sara Silva

> Sónia Abrantes

> Teresa Teixeira

Maio 2017
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
13

14
16
18
20

21
23
25
27

28
30
31


Arquivo
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


Comentários recentes
gostei muito do tema artigo inspirado com sabedori...
Não podia concordar mais. Muito grata pelo comentá...
Dinheiro compra uma cama, mas não o sono...Compra ...
Caro Eurico,O cenário descrito neste artigo enquad...
Grande artigo, que enquadra-se com a nossa realida...
Presenças
Outras ligações
Música

Dizer que sim à vida - Carlos do Carmo:

 

Dizer que sim à vida - Luanda Cozetti: