3.4.15

MulherTristeBracosCruzados.jpg

 

Há o passado. Quando te conheci. Tão nova, tão ingénua, tão crédula de tudo! Sonhadora, tomei decisões (precipitadas ou não, já estão tomadas). Dei passos e escolhi os caminhos a percorrer. Fui contigo.

 

E agora? Agora vejo que investi em vão, sonhei em vão, acreditei em vão.

Mas agora o caminho é este, há que enfrentar as consequências das minhas escolhas. E assumir a responsabilidade dos meus (estúpidos) atos.

Agora sei que não vai haver futuro para nós. Vai apenas haver o eu e o tu, juntos na solidão desta escolha.

E apercebo-me de que não sinto nada em relação a isso. É só um vazio, uma indiferença. Que triste, sentir-me assim, não triste! Qualquer sentimento, mesmo que mau, feio ou negativo, seria melhor do que este não sentir nada.

Agora que me esvaziaste de mim, eu esvaziei-me de ti.

 

Sandrapep

 

Link deste ArtigoPor Mil Razões..., às 08:00  Comentar

Maputo | Moçambique

Pesquisar
 
Destaque

 

Porque às vezes é bom falar.

Equipa

Alexandra Vaz

Ana Martins

Cidália Carvalho

Ermelinda Macedo

Fernando Couto

Jorge Saraiva

José Azevedo

Landa Cortez

Leticia Silva

Rui Duarte

Sandra Pinto

Sandra Sousa

Sara Almeida

Sara Silva

Sónia Abrantes

Tayhta Visinho

Teresa Teixeira

Abril 2015
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
14
16
18

19
21
23
25

26
28
30


Arquivo
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


Comentários recentes
gostei muito do tema artigo inspirado com sabedori...
Não podia concordar mais. Muito grata pelo comentá...
Dinheiro compra uma cama, mas não o sono...Compra ...
Caro Eurico,O cenário descrito neste artigo enquad...
Grande artigo, que enquadra-se com a nossa realida...
Presenças
Outras ligações
Música

Dizer que sim à vida - Carlos do Carmo:

 

Dizer que sim à vida - Luanda Cozetti: