9.10.15

TimeOnMyHands-JuniorLibby.jpg

Foto: Time On My Hands - Junior Libby

 

Aqui estou eu a tentar controlar e gerir as 24 horas do meu dia, igual ao número de horas de qualquer pessoa.

Mas o que fazer com elas?

O que é prioridade?

Dormir, pelo menos sete ou oito horas por noite.

Fico com apenas 16 ou 17 horas para tudo o resto.

Comer, entre pequeno-almoço, lanches, almoço e jantar, pelo menos 2 horas.

Sobram 14 ou 15 horas.

Trabalhar, 8 horas num dia bom.

As restantes 6 ou 7 horas são para caminhos para o trabalho e escola, brincar com os filhos, vestir, ir à casa de banho.

Ah! Com jeito ainda consigo 1 hora diária, alguns dias por semana, para fazer exercício físico.

E tempo de não fazer nada? Tempo de ser apenas eu?

Com este panorama, resta-me aproveitar cada atividade diária para o fazer, sem ficar à espera de ter tempo. Esse, não espera, apenas passa.

Viver cada dia como se fosse o último, ou seja, da melhor forma, qualquer que ela seja.

Isto se pensarmos em dias… É melhor assim, pois se pensamos em semanas, meses e anos, reparamos que muito se fez mas muito ficou por fazer.

Vivemos no tempo certo apenas, pode ser?

 

Sónia Abrantes

 

Link deste ArtigoPor Mil Razões..., às 08:00  Comentar

Maputo | Moçambique

Pesquisar
 
Destaque

 

Porque às vezes é bom falar.

Equipa

Alexandra Vaz

Ana Martins

Cidália Carvalho

Ermelinda Macedo

Estefânia Sousa Martins

Fernando Couto

Fernando Lima

Jorge Saraiva

José Azevedo

Landa Cortez

Leticia Silva

Rui Duarte

Sandra Pinto

Sandra Sousa

Sara Almeida

Sara Silva

Sónia Abrantes

Tayhta Visinho

Teresa Teixeira

Vanessa Santana

Outubro 2015
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

13
15
17

20
22
24

27
29
31


Arquivo
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


Comentários recentes
gostei muito do tema artigo inspirado com sabedori...
Não podia concordar mais. Muito grata pelo comentá...
Dinheiro compra uma cama, mas não o sono...Compra ...
Caro Eurico,O cenário descrito neste artigo enquad...
Grande artigo, que enquadra-se com a nossa realida...
Presenças
Outras ligações
Música

Dizer que sim à vida - Carlos do Carmo:

 

Dizer que sim à vida - Luanda Cozetti: