De Ana A a 18 de Março de 2009 às 12:14
Pois... acaba por ser uma situação corrente, conheço algumas pessoas completamente válidas nesta situação... Hoje em dia valoriza-se muito o jovem, o belo, o exterior e, apesar de não haver nada contra isso, tudo o resto parece perder valor... além disso, pessoas com mais experiência de vida em geral são menos maleáveis e menos dispostas a sujeitar-se a algumas situações, podem ter mais experiência do que os próprios empregadores ou envolvente, e poderão ser consideradas "ameaçadoras" até... Penso que aquilo que colectivamente valorizamos, nesta sociedade que também construímos e em que inevitavelmente vivemos, anda um bocado embrulhado :)

De Ana Lua a 16 de Março de 2009 às 19:20
Sabes... quantas vezes no meu trabalho de recrutamento recebia candidatas ESPECTACULARES, muito capazes e, acredito, muito competentes e trabalhadoras, mas... como tinham idades superiores à pretendida, não podiam ser seleccionadas... Ficava a sentir-me mal por não poder agir conforme a minha consciência mas, tinha que aceitar as exigências dos meus clientes que queriam pessoas mais jovens (sabe-se lá porque...), e essas PESSOAS ficavam arrumadas na prateleira...
É triste... mas hoje em dia o factor idade já não significa mais responsabilidade, conhecimento e experiência... Porquê? Se era assim antigamente o que é que mudou?