De ©Marcolino Duarte Osorio a 16 de Setembro de 2009 às 18:40
Linda Poesia!