De Cidália a 1 de Novembro de 2008 às 04:38
O perigo está no pensamento e na vontade de morrer. A pergunta que se coloca sobre "se já pensamos no suicídio?" não aumenta esse perigo , pelo contrário, pode afastar a ideia de suicidio. Falar ajuda.
Fazer a pergunta com preocupação e capacidade de salvar é que me parece mais discutível. Eu trocararia o "preocupado" por "interessado" . Também não me parece justo que alguém sinta o peso de não ter conseguido demover a ideia de suicídio.

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres