De didi a 6 de Dezembro de 2008 às 02:26
Tal como a Susana, perdi uma das pessoas que mais amei na vida...Continuo a amar, porque quem ama de verdade, amam além da morte. Senti-me perdida, a vaguear numa estrada completamente desconhecida e sem saber qual o rumo certo. Tenho momentos, que não quero acreditar no que me aconteceu. Aceitar , não consigo....
Vivo para os meus dois filhos, uma com 22 anos e um com 11. O meu filho de 11 anos dá-me lições de vida, e isso fortalece-me e faz-me caminhar....
Susana, eu tinha tudo na vida e no dia 11 de Janeiro de 2007 (após 2 meses de lhe ter sido diagnosticada uma depressão), o grande amor da minha vida suicidou-se . Porquê????? É a eterna pergunta para a qual não encontro resposta. Agora, vivo um dia de cada vez...Mas, com uma dor enorme que nenhum analgésico consegue curar.Dói-me a alma... Felicidades e pense positivo, porque o pensamento positivo traz-nos alguma felicidade

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres